201801.080

Nova documentação: CNH será um cartão de plástico e adotará microchip até 2019

Com mudanças anunciadas em dezembro do ano passado, a Carteira Nacional de Habilitação, CNH, adotará novo formato. O documento abandona o papel para se tornar um cartão de plástico com microchip, que reunirá as informações do motorista. Órgãos e entidades de trânsito têm até o dia 1º de janeiro de 2019 para se adequar ao novo modelo da documentação.

Semelhante a um cartão de crédito, o novo documento trará novas funcionalidades. A impressão digital do portador ficará gravada no chip, podendo ser usada na validação da identidade em bancos e serviços públicos. O chip também conterá dados para o pagamento de transporte público, como ônibus e metrô, o pagamento de pedágios, além de possibilitar o uso da biometria para acessar prédios e universidades.

Entretanto, os motoristas com carteiras em papel dentro da validade não precisam se preocupar. O documento pode ser usado até o vencimento e a troca será feita no momento da renovação. Os Detrans estaduais ainda não anunciaram se o valor das emissões sofrerá algum tipo de mudança.

O novo formato do documento pretende prevenir fraudes, aumentar a durabilidade do documento e possibilitar integração com outros países, segundo o ministro das Cidades, Alexandre Baldy. No final de 2016, a CNH de papel também já tinha passado por mudanças para coibir falsificações, com novas cores e itens de segurança.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *