201908.051

Tradução bem feita é uma meta constante

“Se você não está na internet, você não existe.”

Essa frase nunca fez tanto sentido como hoje.

Antes, escolhíamos prestadores de serviço por recomendação de amigos e familiares. Médicos, doceiras, professores particulares. Todos eram recomendados por um amigo que foi “muito bem atendido”. A chamada “word of mouth” ou boca-a-boca.

Hoje, embora ainda aceitemos recomendações de amigos e familiares, também pedimos indicações online.

É na internet que buscamos esses prestadores de serviço e é nela que verificamos se são confiáveis e bons profissionais.

Assim, ter uma presença na internet se tornou obrigatório.

Na Aliança Traduções, ficamos atentos a cada mensagem e comentário que recebemos em nossas redes sociais para podermos atender bem nossos clientes, independentemente da forma como entram em contato.

Há pouco tempo, recebemos uma avaliação negativa no Google de uma cliente que teve que devolver seu trabalho três vezes por erros na tradução.

Imediatamente entramos em ação. Conversamos com o pessoal do atendimento e ninguém se lembrava dessa situação. Além disso, a cliente não constava em nossa base já que nunca havíamos feito um trabalho para ela.

Respondemos essa avaliação negativa e pedimos que a cliente entrasse em contato conosco.

Dito e feito. Ela havia sido atendida por outra empresa de tradução e se confundiu, avaliando-nos indevidamente por engano. Até mesmo nos consultou para fazermos o trabalho para ela.

Converter e fidelizar clientes como resultado de um trabalho de tradução bem feito é uma tarefa constante que envolve diferentes aspectos e até uma avaliação negativa pode ser uma oportunidade de conversão e fidelização.

Ficamos ainda mais convencidos de que estamos no caminho certo nesse mundo digital em que vivemos.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *